Última hora

Última hora

"Leave to Remains" um olhar sobre a imigração

Em leitura:

"Leave to Remains" um olhar sobre a imigração

Tamanho do texto Aa Aa

Leave to Remain é um drama britânico que gira em torno da vida de várias crianças, que habitam no Reino Unido, e enfrentam a dura realidade da deportação.

Omar, um rapaz afegão, é o personagem principal. Ele e os seus companheiros lutam contra o complexo e confuso sistema de imigração do Reino Unido:

“As questões que o filme aborda são muito claras: crianças vulneráveis que são abandonadas, ou se deixam ao abandono, numa cultura estranha. Acho que o realizador encontrou uma perspetiva que é muito cinematográfica. Há algo de muito mágico neste filme. A sua perspetiva sobre Londres é quase como um conto de fadas, faz a cidade parecer muito pouco familiar”, explica o ator Toby Jones.

A película aborda uma temática sensível, a imigração, numa altura em que ela está na ordem do dia em vários países europeus. Quando os eleitores de alguns Estados votaram em partidos de extrema-direita, nas europeias, formações que são contra a imigração:

“O principal dever de qualquer filme é entreter. Mas isso não quer dizer que não possa alertar para algumas questões, recentrar-nos em algumas coisas que estão a acontecer nas ruas. Que estão a acontecer todos os dias. Mas, primeiro, tem de existir como entretenimento e eu acho que o problema que existe com alguns filmes que se focam na política é que, por vezes, afastam o seu público”, diz o ator.

Bruce Goodison, o realizador, apostou num elenco jovem o que poderá ajudar o filme a chegar a um público também mais jovem.