Última hora

Última hora

Dar uma nova vida ao vidro

Em leitura:

Dar uma nova vida ao vidro

Tamanho do texto Aa Aa

Na União Europeia são recicladas cerca de 7 em cada 10 garrafas.
Mas existem diferentes formas de dar uma nova vida ao vidro.

Nesta fábrica de Antuérpia, onde são tratadas, todos os anos, cerca de 250 mil toneladas de vidro, é feita a triagem:

“É preciso separar o vidro de todas as outras coisas. Há plástico, há tampas de metal, há muito papel, etiquetas e tudo isso tem de sair através do processo de separação e produção”, explica Mathieu Berthoud da empresa belga Sita.

O metal é separado utilizando um íman, os outros materiais são retirados à mão, cerca de cinquenta toneladas por hora.

A fase seguinte da triagem está, a partir daí, facilitada graças às máquinas capazes de separar o vidro por cor.

Pequenas câmaras, colocadas no interior da máquina, detectam as cores. Em seguida, com a ajuda de pistolas de ar, as garrafas são enviadas para diferentes compartimentos.

No final da cadeia, o produto final é vendido a clientes como os produtores de champanhe. 650 mil garrafas, feitas de vidro reciclado, saem, todos os dias, deste complexo.

As vantagens da utilização deste sistema são várias. A primeira é que é mais barato. A segunda é que é mais amigo do ambiente. O vidro mantém todas as suas qualidades e pode ser reciclado vezes sem conta.