Última hora

Última hora

Segurança energética em destaque na conferência do grupo de Visegrado

Em leitura:

Segurança energética em destaque na conferência do grupo de Visegrado

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Comissão Europeia esteve em Budapeste para a conferência que marcou o fim da presidência húngara do Grupo de Visegrado.

O primeiro-ministro húngaro, anfitrião do evento, destacou a importância da segurança energética na Europa.

Durão Barroso frisou, por seu lado, que “as discussões entre a Rússia e a Ucrânia acerca dos fornecimentos energéticos” sublinham “a necessidade de uma estratégia energética europeia efetiva”.

Viktor Orban aproveitou a ocasião para afirmar que “se a atual regulação dos preços energéticos conduzir a custos elevados da energia na Europa, então é preciso novas regulações, mesmo estatais, que possam traduzir-se numa energia barata”.

O grupo de Visegrado é uma colaboração entre a Hungria, a República Checa, a Polónia e a Eslováquia, com o objetivo de promover a integração europeia dos quatro países e privilegiar a cooperação em termos militares, económicos e energéticos.

Apesar dos protestos de alguns dos jornalistas presentes, não foi permitida qualquer questão aos chefes do governo presentes na conferência, como sublinha a correspondente da euronews, Andrea Hajagos.