Última hora

Última hora

Ucrânia: cessar-fogo não dá trégua à Rússia

Em leitura:

Ucrânia: cessar-fogo não dá trégua à Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

O Ocidente aumenta a pressão sobre a Rússia para que respeite o cessar-fogo na Ucrânia.

Os Estados Unidos e a União Europeia voltaram a ameaçar aplicar novas sanções a Moscovo se Vladimir Putin não tomar medidas concretas para baixar a tensão no terreno, onde a trégua permanece frágil.

Em Slaviansk, uma habitante afirma que os confrontos prosseguem apesar do cessar-fogo: “Os combates duram há uma semana, é a terceira vez que a situação piora e ontem ocorreram perto do nosso bairro. Tivemos que nos refugiar em casa”.

Em paralelo, o primeiro-ministro ucraniano denuncia uma “guerra económica” por parte da Rússia, depois de Moscovo ter ameaçado cortar as relações económicas se Kiev assinar um acordo de associação com a União Europeia.

“A situação económica do país é difícil e estamos a gastar milhões para assegurar a integridade territorial da Ucrânia. Trata-se de uma nova forma de guerra contra nós”, afirmou Arseniy Yatsenyuk.

Kiev tinha ontem apelado a mais ajuda do FMI quando Bruxelas e Washington asseguram que vão continuar a ajudar a Ucrânia. Em paralelo, a NATO decidiu ontem manter a suspensão da cooperação com Moscovo, à espera de “uma mudança de atitude” de Vladimir Putin.