Última hora

Última hora

Gavrilo Princip: Um herói para os sérvios

Em leitura:

Gavrilo Princip: Um herói para os sérvios

Tamanho do texto Aa Aa

Do lado sérvio, o jovem Gavrilo Princip é celebrado como um herói.

As difereças e inimizades que persisitem entre as comunidades levam a que haja duas celebrações separadas. Uma no centro de Sarajevo, outra na parte leste, onde se juntam as autoridades servo-bósnias.

Nesta região residem ainda familiares dos jovens que prepararam o atentado, como Ivan Kranjcevivc, neto de um dos envolvidos:

“Na altura, o culto da violência existia na mesma proporção que o culto do sacrifício e estas pessoas sacrificavam-se em benefício das gerações futuras. Não se pode falar de terrorismo tal como o entendemos hoje. Claro que qualquer assassinato é um ato horrível, mas isto foi uma forma de protesto, um ato de heroísmo”, afirma.

A cúpula servo-bósnia e as autoridades da Sérvia irão a Andricgrad, a cidade das artes criada pelo diretor de cinema Emir Kusturica, de origem bósnio-muçulmana e naturalizado sérvio.

As celebrações incluirão um espetáculo que reconstruirá o atentado e prestará homenagem aos membros da organização “Jovem Bósnia” que participaram do ataque.