Última hora

Última hora

Nigéria: Presidente visita vítimas do atentado em Abuja

Em leitura:

Nigéria: Presidente visita vítimas do atentado em Abuja

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, encurtou a visita à Guiné Equatorial, onde participava na cimeira da União Africana, na sequência do atentado à bomba que fez mais de duas dezenas de mortos na Nigéria.

Esta sexta-feira, o chefe do Estado visitou os feridos num hospital de Abuja e o local onde ocorreu a explosão e referiu que “a Nigéria entrou numa das fases mais negras da sua história”, com os sucessivos atos terroristas no país, prometendo combater o terror até que o Boko Haram pertença ao passado.

O ataque ocorreu na quarta-feira, numa zona comercial muito frequentada de Abuja. As autoridades suspeitam uma vez mais que o grupo islamita Boko Haram, que tem semeado o terror na Nigéria, esteja por detrás deste ato.

As Nações Unidas mostram-se bastante preocupadas com a escalada de violência no país. A comunidade internacional está de olhos postos na Nigéria e na incapacidade das autoridades face aos ataques terroristas desde que em Abril 200 jovens estudantes foram raptadas, continuando com paradeiro desconhecido.