Última hora

Última hora

Sarajevo celebra centenário do assassinato que desencadeou a Guerra de 1914

Em leitura:

Sarajevo celebra centenário do assassinato que desencadeou a Guerra de 1914

Tamanho do texto Aa Aa

Sarajevo comemora, este sábado, o centésimo aniversário do atentado que mergulhou a Europa na Primeira Grande Guerra.

Foi a 28 de Julho de 1914 que o jovem nacionalista servio-bosnio, Gavrilo Princip, assassinou o arquiduque da Áustria François Ferdinad e a esposa, Sophie.

Um episódio que divide ainda hoje os balcãs e impossibilita os dois povos de assinalarem conjuntamente um facto que marcou toda a História do velho continente.

As comemorações serão modestas e patrocinadas pela União Europeia:

“Tivémos três guerras no final do século XIX e duas no século XX, mas agora somos parceiros estratégicos da Europa, por isso a mensagem é para o futuro e talvez para a entrada da Bósnia na União Europeia”, diz o diretor do projeto europeu do centenário em Sarajevo, Joseph Zimet.

O concerto da Oraquestra Filarmónica de Viena será o ponto alto de um programa que prevê também manifestações culturais e desportivas na capital da Bósnia.

Na reportagem “Sarajevo: Orgulho e Lágrimas” lembramos o dia que marcou a sangue o destino da Europa durante todo o século XX.