Última hora

Última hora

Ucrânia: separatistas libertam observadores da OSCE a poucas horas de fim da trégua

Em leitura:

Ucrânia: separatistas libertam observadores da OSCE a poucas horas de fim da trégua

Tamanho do texto Aa Aa

Os separatistas pró-russos do Leste da Ucrânia libertaram esta madrugada quatro dos oito observadores da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa sequestrados no fim de maio.

A libertação, alegadamente um gesto de boa vontade, teve lugar a algumas horas do fim da frágil trégua entre Kiev e os rebeldes. A situação dos reféns foi um dos pontos tratados pelos mediadores de Kiev, a OSCE, a Rússia e os líderes separatistas.

Alexander Borodai, autoproclamado chefe do governo da “República de Donetsk” disse que não esperam “nada em troca. Foram libertados incondicionalmente”.

Apesar do cessar-fogo, há registo esta quinta-feira de um ataque dos separatistas contra uma unidade militar em pleno centro de Donetsk, sem fazer vítimas. Mas, segundo meios de comunicação ucranianos, outro ataque contra um posto de controlo à entrada de Slaviansk resultou na morte de um soldado.

A trégua decretada por Kiev e aceite pelos rebeldes expira às 22 horas locais, 20 horas em Lisboa. Os países ocidentais e a Rússia apelaram ao prolongamento do cessar-fogo.