Última hora

Última hora

Sarajevo marca 100 anos do assassinato que desencadeou a I Guerra Mundial

Em leitura:

Sarajevo marca 100 anos do assassinato que desencadeou a I Guerra Mundial

Tamanho do texto Aa Aa

Sarajevo assinala hoje os 100 anos do assassinato que desancadeou a Primeira Guerra Mundial.

O concerto da Orquestra Filarmónica de Viena, na restaurada Câmara Municipal da capital da Bósnia, é o ponto alto de um programa que inclui eventos culturais financiados pela União Europeia.

As autoridades sérvias rejeitaram o convite. O presidente da Câmara de Sarajevo disse que “aqueles que recusaram de forma flagrante estar presentes não demonstraram a sua atitude em relação ao passado, mas sim face ao futuro da região”.

Os sérvios da Bósnia decidiram marcar a data separadamente, celebrando a figura do jovem nacionalista Gavrilo Princip, que matou a tiro a 28 de Junho de 1914 o arquiduque Francisco Fernando, herdeiro do trono austro-húngaro, e a esposa.

Um episódio que continua a dividir os balcãs e impossibilita dois povos de assinalarem conjuntamente um momento marcante da História do velho continente.