Última hora

Última hora

Ucrânia: multiplicam-se os ataques depois de prolongado cessar-fogo

Em leitura:

Ucrânia: multiplicam-se os ataques depois de prolongado cessar-fogo

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos quatro soldados ucranianos foram mortos e cinco ficaram feridos nos arredores de Kratamatorsk, no leste da Ucrânia, durante um ataque levado a cabo separatistas pró-russos.

Desconhece-se para já o número de vítimas junto dos rebeldes que, entretanto, assumiram o comando de dois postos de controlo perto da fronteira com a Rússia.

Em Donestk, os separatistas tomaram de assalto uma base militar e fizeram um refém.

As forças armadas de Kiev acusam Moscovo de fornecer armas aos rebeldes numa altura em que vigora um cessar-fogo.

A trégua proclamada unilateralmente pelo chefe de Estado ucraniano continua sem surtir efeito. Ainda, assim, Petro Poroshenko decidiu prolongar o cessar-fogo com os separatistas pró-russos até segunda-feira.

A decisão foi conhecida, ontem, após a assinatura de um acordo de parceria e de livre comércio com a União Europeia.

Os rebeldes já excluiram qualquer possibilidade de diálogo com Kiev.