Última hora

Última hora

Glastonbury: A Meca dos festivais

Em leitura:

Glastonbury: A Meca dos festivais

Tamanho do texto Aa Aa

É a Meca dos festivaleiros, o maior festival de música ao ar livre do mundo e para muitos o melhor, apesar de ser quase impossível sobreviver sem umas galochas.

Desde o início dos anos 70, milhares de pessoas rumam ao Festival de Glastonbury, próximo de Pilton, no Somerset, em Inglaterra.

Faça chuva ou faça sol, o importante é a festa, palavra de festivaleiro: “É a atmosfera, o ambiente, a vibração, as pessoas, o cenário. É simplesmente o melhor sítio do mundo”

Nada como dançar para esquecer a chuva e a eliminação da Inglaterra do Mundial. Lily Allen aqueceu o público com a sua atuação, mas as manchetes dos jornais foram para os insultos que a cantora dirigiu a Sepp Blatter, o presidente da FIFA, que Allen classificou de “corrupto” e a quem dedicou F*** You.

Arcade Fire, Metronomy, James Blake, Dolly Parton, Tinariwen, Goldfrapp, Massive Attack ou Paolo Nutini foram alguns dos nomes que passaram por “glasto”, como é apelidado entre amigos o evento.

Num festival que começou por ser uma celebração da cultura hippie, este ano, houve espaço no mesmo palco para o ballet britânico e para os Metallica.