Última hora

Última hora

Habitantes de Hong Kong querem mais democracia

Em leitura:

Habitantes de Hong Kong querem mais democracia

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 800 mil pessoas participaram no referendo extraoficial concluído este domingo, em Hong Kong.

Durante 10 dias, os habitantes dessa região administrativa especial da China foram consultados sobre uma reforma eleitoral que desafia Pequim. A campanha civil para permitir a indicação pública do chefe do executivo local foi considerada “ilegal” pelo governo chinês.

A realização de eleições para a escolha da autoridade máxima local está prevista para 2017, mas a população só pode optar entre candidatos pré-aprovados por um comité do governo chinês.

A população foi convidada a manifestar amanhã, no feriado do 1º de julho, em defesa de uma real autonomia local em relação ao governo chinês.