Última hora

Última hora

Ucrânia: Esforço político internacional para prolongar cessar-fogo

Em leitura:

Ucrânia: Esforço político internacional para prolongar cessar-fogo

Tamanho do texto Aa Aa

Está em curso uma corrida contra o tempo para tentar prolongar o frágil cessar-fogo na leste da Ucrânia.

A pausa nos combates entre forças armadas e rebeldes está prevista acabar às oito da noite, hora de Lisboa, mas antes, os chefes de Estado e governo da França, da Alemanha, da Ucrânia e da Rússia vão realizar uma videoconferência para tentar prolongar o cessar-fogo e abrir caminho ao diálogo.

A questão humanitária também deverá ser abordada.

Vai ser a segunda reunião do género no espaço de quatro dias.

São dezenas de milhares as pessoas que deixam as suas casas no conturbado leste ucraniano.

“Penso que se o governo ucraniano continuar com a chamada operação antiterrorista, o número de refugiados vai aumentar novamente”, diz um combatente pró-russo em Lugansk.

O cessar-fogo devolveu uma calma temporária à região, tempo para algumas pessoas fazerem as malas e partir.

“Quando a paz regressar e volto imediatamente. Eu quero ter uma vida pacífica”, diz uma idosa, preparada para partir.

De acordo com as Nações Unidas, há mais de 50 mil deslocados internos e outras 110 mil pessoas que procuraram refúgio na vizinha Rússia. Destas, apenas 9500 pediram o estatuto de refugiados.