Última hora

Última hora

Espanha: Mais pessoas ativas e menos desempregados

Em leitura:

Espanha: Mais pessoas ativas e menos desempregados

Tamanho do texto Aa Aa

Melhoria no mercado do trabalho em Espanha, graças às contratações para a época turística. Em junho, o número de pessoas a trabalhar subiu em mais de 56 mil. É o melhor mês de junho desde 2007.

Subiu o desemprego na agricultura, mas recuou nos serviços, construção e indústria.

Em junho foram assinados milhão e meio de contratos, com uma forte progressão do trabalho temporário.

Segundo o ministério do Emprego, Espanha tem 16 684 995 pessoas ativas. Já o número de desempregados recuou e é inferior a 4,5 milhões, pela primeira vez em vários anos.

Engracia Hidalgo, secretária de Estado para o Emprego, considera que “a queda do desemprego e a melhoria das contratações já não são fenómenos temporários ou sazonais, mas uma tendência sustentada que se reforça a cada mês que passa e que é coerente com os dados das contratações”.

Em junho, Espanha registou menos 122 mil desempregados. Corrigido de variações sazonais, é a maior queda para um mês de junho desde 2001, mas após seis anos de crise, muitos estrangeiros regressaram aos países de origem e há espanhóis que emigram ou abandonaram a procura de emprego.