Última hora

Última hora

Líder do Estado Islâmico apela à "jihad" global

Em leitura:

Líder do Estado Islâmico apela à "jihad" global

Tamanho do texto Aa Aa

O ministério iraquiano da Defesa divulgou as primeiras imagens da batalha de Tikrit. O exército do Iraque tenta manter o controlo daquele que já foi o feudo de Saddam Hussein, contra a ofensiva dos radicais islâmicos do antigo Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL), agora chamado apenas Estado Islâmico (EI).

O Iraque conta agora com mais aviões russos Sukhoi, com a chegada de um segundo lote. Além de mandar os aviões, a Rússia mandou também peritos para ajudar na luta contra os radicais.

O EI acredita numa “jihad” global. O líder do movimento, Abu Bakr al-Baghdadi apelou aos muçulmanos do mundo inteiro para que ajudem a defender aquilo a que chama o califado, constituído pelas partes da Síria e do Iraque que foram já conquistadas pelos radicais. Baghdadi autoproclamou-se califa e apelou a uma vingança global contra os atos cometidos por todo o mundo contra os muçulmanos.

Mesmo se o movimento tem já algumas dissidências, a ameaça parece tomar agora novas proporções.