Última hora

Última hora

Japão revoga sanções à Coreia do Norte para saber o resto da história

Em leitura:

Japão revoga sanções à Coreia do Norte para saber o resto da história

Tamanho do texto Aa Aa

O Japão decidiu anular uma parte das sanções que impôs sobre a Coreia do Norte. A medida foi anunciada na sequência de uma ronda negocial entre os dois países. Em causa está um dossiê que remonta à Guerra Fria. Em 2002, Pyongyang reconheceu ter raptado, durante os anos 70 e 80, cidadãos japoneses para os submeter a treinos de espionagem.

O caso foi encerrado, mas agora as autoridades norte-coreanas aceitaram reabri-lo. Em contrapartida por esta abertura e pela criação de uma comissão de inquérito, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, vai revogar algumas das sanções em vigor, o que poderá abranger restrições comerciais e a interdição da entrada em solo nipónico de cidadãos norte-coreanos.

Há 12 anos, perante a pressão de Tóquio, o regime norte-coreano libertou cinco de um grupo de 13 pessoas que assumiu ter sequestrado, afirmando que as restantes estavam mortas. Mas o Japão estima que houvesse muitas mais, talvez mesmo centenas, e pretende apurar o que lhes aconteceu.