Última hora

Última hora

Albaneses da Macedónia: "não somos terroristas"

Em leitura:

Albaneses da Macedónia: "não somos terroristas"

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de albaneses da Macedónia manifestaram-se contra a decisão da justiça que condenou a prisão perpétua seis elementos da maior minoria étnica do país.

O caso remonta a 2012, ano em que foram mortos cinco macedónios. Um ato qualificado de “terrorista” pelas autoridades.

Esta sexta-feira, um mar de gente tentou invadir o tribunal onde esta semana foi ditada a sentença.

“Não somos terroristas” e “justiça” foram algumas das a palavras mais ouvidas em Skopje, capital da Macedónia.

A polícia recorreu a gás lacrimogéneo e a canhões de água para dispersar os manifestantes.

Os albaneses representam cerca de 25 por cento da Macedónia.

Para os analistas as feridas do conflito que há 13 anos opôs a guerrilha albanesa e as forças macedónias estão, ainda, longe de estar saradas.