Última hora

Última hora

Ucrânia: Em Kramatorsk vive-se a "mísseis" e água

Em leitura:

Ucrânia: Em Kramatorsk vive-se a "mísseis" e água

Tamanho do texto Aa Aa

A operação militar contra os separatistas no leste da Ucrânia está a apanhar, no fogo cruzado, vários inocentes. Os rebeldes estacionam os tanques junto aos edifícios, pedem aos residentes para apagarem as luzes e dali lançam ataques bélicos contra as posições do exército ucraniano. Do outro lado respondem com mísseis, que acabam por destruir os edifícios da cidade, incluindo os lares de muitas famílias, que se veem sem meios de refazer as suas vidas.

Em Kramatorsk, há vários edifícios destruídos e inocentes que ficaram sem casas. Já nem sequer têm dinheiro para comer porque vivem numa zona controlada por separatistas que nada lhes pagam. O governo deixou, entretanto, de financiar a região, a qual tenta recuperar pelas armas da posse dos separatistas.

As informações são contraditórias. Da Rússia, de forma oficiosa e através dos meios de comunicação, apontam o dedo a Kiev pelo alegado ataque contra os próprios compatriotas. O governo ucraniano acusa Moscovo de nada fazer para desarmar os separatistas, que resistem escudados por armamento pesado.

No meio desta guerra sem quartel, quem sofre, são cidadãos como Valentyina, uma residente que ficou com a casa destruída. “Como posso viver? Não nos pagam a pensão já há três meses. Nem o subsídio para as crianças. Não sei como vamos conseguir viver só a beber água. Carne e pão são coisas que nem vemos”, lamenta-se esta ucraniana, vítima do fogo cruzado.

Kramatorsk é, aliás, uma das cidades que mais está a sofrer com o conflito que se arrasta no leste da Ucrânia. Das quatro bombas e gasolina existentes na cidade, apenas uma ainda continua a trabalhar. Serve igualmente a localidade vizinha de Slaviansk. As filas para abastecer são longas. Muitos já alteraram os carros para gás natural e, pelo que nos contam, estão a recorrer ao gás que habitualmente utilizam em casa, o qual é diferente do usado para automóveis.