Última hora

Última hora

Judo: Portugueses desiludem no segundo dia na Mongólia

Em leitura:

Judo: Portugueses desiludem no segundo dia na Mongólia

Tamanho do texto Aa Aa

André Alves, Jorge Fernandes e Diogo Lima foram os portugueses em ação no segundo dia do Grande Prémio de Ulan Bator, a primeira prova de qualificação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, mas foram todos eliminados no primeiro combate.

Nos -73kg André Alves foi derrotado pelo sul coreano Wong Gi Jang enquanto Jorge Fernandes não conheceu melhor sorte frente ao japonês Takenori Nakamura. Quanto a Diogo Lima perdeu por ippon frente ao uzbeque Shaxzod Sobirov nos -81kg.

Domínio asiático em Ulan Bator

Tsend-Ayush Naranjargal foi a única judoca da casa a subir ao lugar mais alto do pódio no segundo dia na Mongólia.

Finalista vencida o ano passado, desta vez Naranjargal garantiu o primeiro título numa prova internacional depois de obrigar Ye-Sul Hwang a desistir nos -70kg.

Também nos -63kg Junxia Yang conquistou a primeira medalha de ouro da carreira. A chinesa de 25 anos levou de vencida a sul coreana Da-Woon Joung por ippon.

Nos homens, Khashbaatar Tsagaanbaatar foi a grande desilusão para os adeptos locais ao não ir além da medalha de prata nos -63kg pelo segundo ano consecutivo. O mongol, antigo campeão do mundo, foi penalizado duas vezes por passividade e entregou o título de mão beijada a Nugzar Tatalashvili.

Nos -81kg o triunfo pertenceu ao japonês Keita Nagashima, que se impôs a Ki-Chun Wang por waza-ari.