Última hora

Última hora

Mundial 2014: Neymar lesiona-se e é confortado por Messi e Dilma Rousseff

Em leitura:

Mundial 2014: Neymar lesiona-se e é confortado por Messi e Dilma Rousseff

Tamanho do texto Aa Aa

É uma enorme baixa para o Brasil no Mundial de futebol. Neymar Jr., a grande estrela da seleção “canarinha” e atual melhor marcador da equipa no torneio, lesionou-se com gravidade esta sexta-feira, em Fortaleza. Uma entrada com o joelho de Juan Zuñiga nas costas do brasileiro, aos 88 minutos do do jogo com a Colômbia, deixou o craque prostrado no relvado.

O “10” do Brasil saiu do relvado de maca e em lágrimas, foi levado para o hospital São Carlos, em Fortaleza, e os exames confirmaram o pior. “A notícia é ruim. A lesão obriga a algumas semanas de recuperação e o Neymar não joga mais na ‘Copa’ do Mundo”, afirmou Rodrigo Lasmar, o médico da “canarinha.”

O Brasil venceu a Colômbia, por 2-1, apurou-se para as meias-finais e vai defrontar terça-feira a Alemanha, em Belo Horizonte, por um lugar na final de domingo do Maracanã. Dois jogos onde – está confirmado – Scolari não terá o melhor marcador da equipa, com 4 golos.

“Neymar está muito abatido, triste, chateado”, revelou o médico da seleção brasileira, explicando que a tomografia revelou que o “10” sofreu “uma pequena fratura sem desvio no processo transverso da terceira vértebra lombar”. “Não é grave. Não precisa de tratamento cirúrgico, mas limita muito os movimentos. Ele vai sentir dor por um certo tempo, precisa de imobilização com uma cinta lombar para o controlo da dor”, acrescentou.

Com a final de domingo como referência, Rodrigo Lasmar referiu ainda que “o prazo de uma semana é muito curto para que Neymar tenha condições de voltar a jogar”. “Mas, em termo de expectativa de recuperação, é uma fratura que evolui muito bem e a expectativa de consolidação futura é muito boa”, desdramatizou, prevendo “algumas semanas imobilizado com a cinta, para controle da dor e recuperação total dos movimentos.”

As reações de apoio não se fizeram esperar. A presidente do Brasil Dilma Rousseff e o argentino Messi, companheiro de equipa de Neymar no Barcelona, foram alguns dos que deixaram mensagens através das redes sociais da internet.

Na zona mista, após o jogo, o antigo jogador do Benfica e autor do segundo golo do Brasil diante da Colômbia, David Luiz, não evitou as lágrimas ao saber da gravidade da lesão de Neymar. “Era o sonho dele desde há muito tempo. Batalhou muito para estar aqui, na ‘Copa’ do Mundo. Ele é um ícone para todo o Brasil. Espero que Deus possa confortar o ‘Ney’, a família dele e todos nós, na seleção”, disse o defesa central, com alguma dificuldade, concretizando: “Agora vamos ter jogar pelo ‘Ney’ e pelo Thiago [Silva]. Vamos ter de ser guerreiros mais do que nunca.”

Quanto ao capitão, o qual viu um cartão amarelo que também o impede de defrontar terça-feira a Alemanha, também ele foi surpreendido pela notícia do fim do Mundial para Neymar enquanto falava com os jornalistas. “Temos de rezar por ele. O Neymar não merecia. Estava a dar a vida pela ‘Copa’”, afirmou Thiago Silva, que logo a seguir, através do Twitter, deixou uma mensagem mais pessoal para o colega de equipa.