Última hora

Em leitura:

Libertado jovem palestino-americano


Israel

Libertado jovem palestino-americano

O jovem norte-americano de origem palestiniana detido e espancado pela polícia israelita foi libertado e colocado em prisão domiciliária, em Jerusalém-Leste.

Tariq Abu Khdeir é primo do jovem palestiniano que foi recentemente queimado vivo depois de raptado, numa vingança pela morte de três israelitas.

Estava a lançar pedras contra a polícia quando foi detido: “Acho que foi a polícia. Estava a observar um grupo de pessoas e eles vieram pelo lado e agarraram-me”, disse à saída da esquadra de polícia.

Foi divulgado um vídeo que mostra polícias israelitas a espancarem uma pessoa com a cara tapada, que muito provavelmente será Tariq.

Quanto às mortes do jovem palestiniano e dos três israelitas, o presidente de Israel, Shimon Peres, prometeu que vai ser feita justiça, custe o que custar: “Não vamos encobrir nada, Vamos encontrar quem cometeu atos criminosos contra outras pessoas. quem reptou, torturou e matou. Não vamos ceder em nada”.

A polícia israelita anunciou a prisão de seis suspeitos da morte de Mohammed Abu Khdeir, de 16 anos. Uma fonte da polícia confirmou ao jornal Haaretz a pista do crime de vingança, perpetrado por extremistas judeus. A família do jovem assassinado diz que ainda não recebeu qualquer notificação por parte da polícia.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Espanha: Festas de San Firmin