Última hora

Última hora

Ucrânia: Exército avança para Donetsk

Em leitura:

Ucrânia: Exército avança para Donetsk

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, ordenou para “reforçar o cerco aos terroristas” e “continuar a operação para libertar as regiões de Donetsk e Luhansk”.

O exército ucraniano continuou no domingo a avançar em direção a Donetsk, onde os separatistas pró-russos, muitos originários de Slaviansk, começaram a reorganizar-se.

Andrei Purgin, um líder da autoproclamada República Popular de Donetsk foi perentório:

“Temos de admitir que podíamos contar com muitos mais insurgentes, mas o problema é que não temos armas e munições que cheguem.
Para onde havíamos de retirar? Para Marte. Só para Marte. Não há mais para onde ir”, disse.

Mais de dois mil apoiantes da “República Popular de Donetsk” manifestaram-se domingo à tarde anunciando a sua intenção de defender a cidade.

Em Slaviansk, controlada por Kiev desde sábado, a vida regressa lentamente à normalidade.

O ministro ucraniano da Defesa, Valery
Heletez, visitou a cidade e falou com os habitantes.

“São tudo especulações à volta das línguas russa e ucraniana. É como vocês quiserem. A minha mulher fala russo e os meus filhos falam russo. No trabalho eu falo ucraniano. Em Kiev, ou em qualquer outra cidade, ninguém tem problemas com a língua que fala”, afirmou o ministro.

A situação era calma e carrinhas começaram a distribuir pão nos bairros da cidade, com cada pessoa a ter direito a dois pães.