Última hora

Última hora

Crianças de Chernobil vivem verão azul em Portugal

Em leitura:

Crianças de Chernobil vivem verão azul em Portugal

Tamanho do texto Aa Aa

São momentos únicos, aqueles que esta e outras famílias portuguesas proporcionam a dezenas de crianças e jovens de Chernobil, na Ucrânia.

O projeto “Verão Azul”, promovido por uma instituição de cariz social e cultural com o apoio de uma multinacional, permite a Katerina Ponomarenko ir, pelo sexto ano consecutivo, e durante cinco semanas, passar as suas férias de verão a Matosinhos, no norte de Portugal:

“Cientificamente está provado que a vinda destas crianças, durante estas cinco semanas, prolonga-lhes a sua vida de 1 a 2 anos”, explica Fernando Pinho

Katerina Kushnirenko, o mesmo nome mas mais nova, está pela primeira vez em Portugal. Foi acolhida por uma família de Vila Nova de Gaia. A convivência entre a família e esta criança é, todos os dias, um desafio:

“Hoje sinto-me um bocadinho mais animada porque a Katerina já participou mais. Mas, por exemplo, ontem, sentia-me muito triste porque achava que não estava a proporcionar, à Katerina, a felicidade que eu queria”, desabafa Isabel Ferreira.

O projeto destina-se a crianças de Ivankiv, cidade localizada próximo da central nuclear acidentada em 1986. As crianças que vão sobrevivendo às consequências desta catástrofe têm uma saúde débil.