Última hora

Última hora

Participantes numa procissão em Calábria desafiam Papa

Em leitura:

Participantes numa procissão em Calábria desafiam Papa

Tamanho do texto Aa Aa

Naquilo que se pode considerar como uma provocação ao Papa Francisco, os participantes numa procissão, em Calábria, pararam com o altar que carregava a Virgem Maria, frente à casa de Giuseppe Mazzagatti, um chefe da máfia, de 82 anos – julgado e condenado a prisão perpétua mas que está em prisão domiciliária, por questões de saúde – para lhe prestar homenagem.

Isto tudo porque no final de junho, perante milhares de pessoas, em Calábria, o Sumo Pontífice da Igreja Católica tinha excomungado a máfia Ndrangheta, dizendo que esta é adoradora do mal.

Crianças e jovens calabreses são recrutados para o tráfico de drogas e morrem ou acabam presos vítimas desta máfia local.