Última hora

Última hora

Matteo Lamandini premiado na Semana da Moda de Berlim

Em leitura:

Matteo Lamandini premiado na Semana da Moda de Berlim

Tamanho do texto Aa Aa

Matteo Lamandini foi o jovem italiano galardoado com o prémio “estilista de amanhã” na Semana da Moda de Berlim. O norte-americano Tommy Hilfiger, fundador do prémio, entregou a distinção que permitiu ao vencedor levar à passarela as peças da sua coleção.

Cinco jovens estavam nomeados, mas foi Lamandini quem conquistou Hilfiger. “Há uma consistência e o público reagiu de forma muito positiva. Basicamente, quando se sabe, sabe!”, disse Hilfiger.

Matteo Lamandini tem 25 anos e estudou em Milão. A coleção inspira-se nos “Zoot Suits” que apareceram com o jazz no final dos anos 30, nos Estados Unidos, e se impuseram como a moda masculina dos anos 40, com estampados extravagantes e cortes nada convencionais, casacos muito compridos e calças volumosas de cintura alta.

Lamandini disse que se inspirou, também, no artista plástico Sol Lewitt, um dos principais protagonistas da arte minimalista nos anos 60.

Na corrida ao prémio esteve, ainda, a irlandesa Maria Lola Roche. “Estava nervosa esta manhã, era a primeira vez que ia encontrar-me com Tommy Hilfiger que é uma lenda, um ícone”, declarou.

Maria Lola Roche tem 29 anos e estudou em Dublin. Apesar da coleção ser chamada “Poesia da Dissecação”, as peças apresentam uma linha elegante e fluida, a cruzar a inspiração expressionista com um certo abstracionismo lírico.

Yong Kyun Shin também foi um dos nomeados. O sul-coreano de 33 anos estudou em Londres e tem um vocabulário mais minimalista e geométrico, jogando com os contrastes entre os tecidos suaves, os couros e os rendilhados.

A casa alemã Marc Cain também esteve presente na Semana da Moda de Berlim, assim como a estilista da marca há 38 anos, Karin Veit. “Vale sempre a pena estar aqui porque é importante mostrar a moda alemã na Alemanha. É sempre bom vir. Toda a imprensa internacional está presente e é algo importante para nós”, declarou.

A atriz norte-americana Hilary Swank trouxe o glamour de Hollywood para a apresentação da Marc Cain. Um desfile literalmente com muita pinta, a preto e branco, mas também com propostas mais discretas, em tons pastel e tecidos estivais, ou, ainda, estampados mais imponentes.