Última hora

Última hora

O aeroporto de Telavive na mira dos rockets do Hamas

Em leitura:

O aeroporto de Telavive na mira dos rockets do Hamas

Tamanho do texto Aa Aa

O braço armado do movimento Hamas concretizou, esta sexta-feira, a ameaça de atacar o aeroporto de Telavive.

Pelo menos quatro rockets Qassam lançados da faixa de Gaza fizeram soar as sirenes da capital económica israelita, mas pelo menos três engenhos foram interceptados pelo sistema anti-míssil israelita, batizado “cúpula de ferro”.

O movimento islamita tinha horas antes ameaçado atacar-se à aerogare e a todos os aviões em circulação, num momento em que o Hamas e o grupo Jihad islâmica teriam disparado mais de 530 rockets e morteiros sobre território israelita desde terça-feira.

Um rocket atingiu hoje uma bomba de gasolina em Ashdod, do lado israelita, provocando três feridos, um dos quais em estado grave, segundo os serviços médicos israelitas.

Desde o início do novo conflito que mais de uma dezena de israelitas teria sido ferido pelos ataques.

Em paralelo, as autoridades libanesas estão a investigar o lançamento de três rockets sobre Israel a partir do sul do Líbano, esta manhã.

Pelo menos dois suspeitos foram detidos, alegadamente pertencentes a grupos extremistas, quando outros dois supostos cúmplices palestinianos encontram-se ainda a monte.