Última hora

Última hora

OMS divulga relatório sobre epidemia do vírus ébola na África Ocidental

Em leitura:

OMS divulga relatório sobre epidemia do vírus ébola na África Ocidental

Tamanho do texto Aa Aa

O número de pessoas mortas na África Ocidental após contágio com o vírus ébola ascende a 539, anunciou esta sexta-feira a Organização Mundial de Saúde (OMS).

A agência das Nações Unidas contabilizou 888 casos de infeção nos três países que até agora registaram contágios: Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa.

Só nos últimos dois dias foram registadas mais 44 pessoas infetadas e 21 óbitos.

Na Serra Leoa e na Libéria a situação continua preocupante. No primeiro país verificaram-se 32 novos casos e 15 pessoas morreram, no segundo, mais 11 pessoas foram infetadas e 4 faleceram.

No entanto, parece que a epidemia está a começar a ser travada, dado que pela primeira vez desde que os casos começaram a ser contabilizados entre 8 e 10 de julho só se detetou uma nova infeção e duas mortes na Guiné-Conacri, o país de origem do primeiro contágio.

A OMS diz tratar-se da mais grave epidemia de ébola na África Ocidental, quer pelo número de infetados, quer pelo de mortos, bem como pela sua distribuição geográfica, em três países simultaneamente.

A doença, que se transmite por contacto direto com sangue e outros fluidos corporais de pessoas ou animais infetados, causa hemorragias graves e pode ter uma taxa de mortalidade de 90 por cento.

Com Lusa