Última hora

Em leitura:

Afeganistão: Rivais aceitam recontagem dos votos das presidenciais


Afeganistão

Afeganistão: Rivais aceitam recontagem dos votos das presidenciais

Em nome da transparência, vai ser realizada uma auditoria, sob supervisão internacional, aos votos da segunda volta das eleições presidenciais no Afeganistão.

Depois das denúncias de fraude – de parte a parte – os dois candidatos, Abdullah Abdullah e Ashraf Ghani, concordaram aceitar o resultado da recontagem dos boletins, um acordo tornado possível após dois dias de negociações em Cabul, sob mediação do secretário de Estado norte-americano, John Kerry.

O acordo levou já o Presidente Hamid Karzai a aceitar adiar a investidura do sucessor até que a recontagem esteja completa. A tomada de posse do novo Presidente do Afeganistão estava agendada para 2 de agosto.

A primeira contagem dos votos da segunda volta das presidenciais no Afeganistão deu vantagem a Ghani, com 56% dos sufrágios, contra 43% para Abdullah.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Cairo acolhe dezenas de feridos de Gaza