Última hora

Última hora

Estrangeiros de origem palestiniana abandonam Gaza

Em leitura:

Estrangeiros de origem palestiniana abandonam Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de palestinianos com nacionalidade norte-americana reuniram-se este domingo perto da delegação das Nações Unidas na cidade de Gaza com a intenção de abandonarem o território, devido ao perigo que correm face aos raides israelitas contra o Hamas.

“O pior de tudo o que se passa aqui é que eu estou em perigo por causa dos 3, 1 mil milhões de dólares que os Estados Unidos dão todos os anos a Israel.
Há seis dias que estamos a tentar contactar a embaixada e o consulado americanos para lhes dizer que não estamos seguros aqui e que isto não é vida.
Isto não é viver. Estão aqui 24 horas por dia, sete dias por semana, e não sabem onde dormir, não sabem que comer. Estamos no Ramadão, a meio do Ramadão.
A vida deles gira à volta desta guerra que dura há demasiado tempo.
Não está certo considerarmo-nos livres enquanto os palestinianos sofrem”, disse uma jovem.

Segundo o Coordenador das Atividades Governamentais no Território, junto do posto fronteiro de Erez, vinte estrangeiros de origem palestiniana partiram sábado e cerca de 850 partirão hoje.