Última hora

Última hora

Lugansk: informações contraditórias sobre o cerco ao aeroporto

Em leitura:

Lugansk: informações contraditórias sobre o cerco ao aeroporto

Tamanho do texto Aa Aa

Kiev anunciou o fim do cerco ao aeroporto de Lugansk, no leste da Ucrânia. Uma informação que os separatistas pró-russos já vieram a público desmentir.

As milícias confirmam ter sido atacadas pela aviação ucraniana, mas negam ter perdido terreno para as forças governamentais.

Nas últimas 24 horas, pelo menos 12 civis morreram e mais de 14 ficaram feridos durante os confrontos entre o exército e os separatistas pró-russos.

Os combates prosseguem esta segunda-feira, enquanto centenas de pessoas tentam fugir à violência. Muitas, garante o Kremlin, com destino à Rússia.

Os esforços diplomáticos continuam sem surtir efeito. Do encontro entre a chanceler alemã e o chefe de Estado russo, à margem da final do Mundial, no Rio de Janeiro, saiu apenas um desejo: que as negociações diretas entre Kiev e os separatistas com vista a um cessar-fogo bilateral arranquem o quanto antes.