Última hora

Última hora

Tour: Contador desiste, Nibali recupera "amarela"

Em leitura:

Tour: Contador desiste, Nibali recupera "amarela"

Tamanho do texto Aa Aa

À décima etapa, o Tour perdeu mais um dos favoritos. Duas vezes vencedor da prova, o espanhol Alberto Contador viu-se obrigado a desistir, depois de uma fratura na tíbia, causada por uma queda. Inicialmente, Contador não se deu conta da gravidade da lesão e chegou a correr mais 15 quilómetros, mas as dores acabaram mesmo por obrigá-lo a parar e a desistir desta edição.

Na mesma descida, o português Tiago Machado, que era terceiro na geral, também caíu e chegou a ser dado como desistente, mas foi repescado pelos comissários da corrida.

A etapa, de 161 quilómetros, entre Mulhouse e La Planche des Belles Filles, foi protagonizada, numa primeira fase, pela fuga de um grupo de dez corredores. O espanhol Joaquim Rodríguez viria a isolar-se, mas na subida final Vicenzo Nibali foi rei e senhor.

O italiano da Astana alcançou Rodríguez e isolou-se no comando da corrida. Cortou a meta sozinho e voltou a vestir a camisola amarela, que tinha perdido para Tony Gallopin.

Na etapa, Nibali venceu com um avanço de 15 segundos sobre o francês Thibaut Pinot e de 20 sobre o espanhol Alejandro Valverde.

Na geral, Nibali tem agora uma vantagem de dois minutos e 23 sobre o australiano Richie Porte, da Team Sky.