Última hora

Última hora

Reino Unidos: Novas regras para crédito a particulares

Em leitura:

Reino Unidos: Novas regras para crédito a particulares

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades financeiras britânicas fixam novas regras para os empréstimos de curta duração aos particulares, criticados por levarem muitas famílias ao sobre-endividamento devido às taxas de juro excessivas.

A partir de janeiro, as taxas de juro não poderão exceder 0,8% por dia do valor do empréstimo pedido, os custos por não-pagamento não podem ultrapassar 15 libras e o custo total do crédito não pode superar o montante pedido.

Os empréstimos de empresas privadas explodiram desde a crise de 2008, devido às restrições dos bancos em termos de crédito e do descoberto autorizado das contas.

O anúncio foi feito depois da maior empresa do setor no reino Unido, a Wonga, ter sido condenada a pagar 3,2 milhões de euros a 45 mil clientes, por os ter ameaçado com processos judiciais através de cartas enviadas por falsos gabinetes de advogados.