Última hora

Última hora

Com assalto a Gaza no horizonte Israel aceita tréguas humanitárias

Em leitura:

Com assalto a Gaza no horizonte Israel aceita tréguas humanitárias

Tamanho do texto Aa Aa

Israel aceitou o pedido das Nações Unidas para uma trégua humanitária nos bombardeamentos contra a Faixa de Gaza. Uma suspensão dos ataque que deverá acontecer na manhã desta quinta-feira e prolongar-se por seis horas.

O cessar-fogo israelita servirá para permitir a chegada de assistência humanitária à Faixa de Gaza e a evacuação dos feridos mais graves.

Na base do pedido destas tréguas pela ONU pode ter estado o bombardeamento de uma praia de Gaza, esta quarta-feira à tarde, que matou quatro crianças que ali jogavam futebol.

O cessar-fogo desta quinta-feira estará ainda, no entanto, dependente do acordo do Hamas e de outros grupos armados palestinianos. Algo que ainda nao é ainda conhecido.

Durante esta quarta-feira, Israel manteve os bombradeamentos sobre alvos na Faixa de Gaza e em simultâneo mobilizou mais oito mil reservistas, que se vão juntar aos restantes 40 mil já convocados há pouco mais de uma semana.

Uma ofensiva terrestre em Gaza mantem-se iminente.

Nos últimos nove dias, mais de 200 palestinianos perderam a vida. 80 por cento são civis.

Do lado israelita, há um registo de uma vítima mortal.