Última hora

Última hora

Espiritualidade vs Ciência

Em leitura:

Espiritualidade vs Ciência

Tamanho do texto Aa Aa

“I Origins” foi o filme de abertura do Festival Internacional de Cinema Karlovy Vary, na República Checa.

A película de ficção científica conta a história de um biólogo especialista no estudo dos olhos.

A personagem incarnada por Michael Pitt começa a por em causa as suas certezas científicas quando conhece uma mulher misteriosa, um papel desempenhado por Astrid Berges-Frisbey.

“Ele estuda os olhos, é o seu domínio. Através da investigação, há uma espécie de procura espiritual, digamos assim. Ele é levado a confrontar ciência e espiritualidade, as coisas que podemos explicar com base em dados e as coisas que não é possível explicar”, contou o ator norte-americano.

“Uma das coisas que faz com que a história funcione bem é o facto de pegarmos numa ideia inverosímil e construirmos uma história à volta dela. Parece que a história faz parte do mundo, é mundana, podemos sentir a o cheiro das luvas do laboratório, é muito real”, disse a atriz Brit Marling.

“I origins”, o segundo filme de Mike Cahill, estreia este verão nalgumas salas de cinema europeias.