Última hora

Última hora

Palestinianos enterram os mortos e juram vingança contra Israel

Em leitura:

Palestinianos enterram os mortos e juram vingança contra Israel

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos cinco pessoas, entre as quais três crianças foram mortas esta quarta-feira nos bombardeamentos da aviação Israelita sobre a Faixa de Gaza.

Desde o início da operação israelita “Proteção de fronteiras” segunda-feira, 37 palestinianos foram mortos na sequência de 430 ataques lançados.

“Ao demolir as casas de civis e ao cometerem estes massacres o inimigo sionista ultrapassou a linha. O ocupante vai pagar um preço elevado. A resistência não vai ficar em silêncio. E o que a resistência mostrou hoje é apenas uma parte do que é capaz de fazer. O inimigo deve cessar completamente a sua agressão contra nosso povo ou a resistência irá responder com ferocidade. “

As brigadas Ezedine al-Qasam, do Hamas, anunciaram que lançaram quatro foguetes contra Jerusalém pela primeira vez desde 2012.

Umo novo ciclo de violência está em marcha. “Nós não vamos parar. Eles vão receber um duro golpe, tanto do ar e do mar. E se for necessário haverá uma invasão terrestre. Todas as opções estão em aberto”.

Telavive tem em funcionamento os seus sistemas de defesa aérea “Cúpula de Ferro” tendo interceptado nesta quarta pelo menos cinco foguetes lançados desde a Faixa de Gaza.