Última hora

Última hora

Rioforte penaliza PT na fusão com a OI

Em leitura:

Rioforte penaliza PT na fusão com a OI

Tamanho do texto Aa Aa

Os problemas da família Espírito Santo penalizam a Portugal Telecom na fusão com a OI, empresa brasileira de telecomunicações.

A PT vai deter, para já, 25,6% do capital da nova empresa em vez dos 38% negociados inicialmente. Tudo por causa da dívida de 900 milhões de euros da Rioforte, empresa do Grupo Espírito Santo.

O analista Camilo Lourenço explica : “Quando a PT negociou com a OI os termos da fusão, ou seja aqueles 38% com que ia ficar na nova empresa, a situação da PT era uma. A partir do momento em que não aparecem nos cofres da PT 900 milhões de euros, que deviam ter sido pagos, o que é que acontece? A empresa vale menos.”

Segundo o memorando da fusão, a PT poderá aumentar a sua participação ao longo dos anos, tudo depende do pagamento da Rioforte.

Esta terça-feira, terminou o prazo para a “holding” pagar a maior parte da dívida à PT.

A OI diz que a Rioforte tem ainda sete dias para pagar e ameaça acionar os mecanismos legais. Mas circulam rumores de que a família Espírito Santo se prepara para pedir a proteção contra credores nos tribunais do Luxemburgo, onde estão sediadas a Rioforte e o Espírito Santo Financial Group.

Este quarta-feira, na bolsa de Lisboa, as ações do BES dipararam quase 20%, recuperando em parte as perdas das últimas semanas.

Os títulos PT subiram quase 3,3%.