Última hora

Última hora

"Europe Weekly": Juncker eleito, mas indecisão nos altos cargos

Em leitura:

"Europe Weekly": Juncker eleito, mas indecisão nos altos cargos

Tamanho do texto Aa Aa

Nesta edição do “Europe Weekly” falamos de uma série de compromissos políticos que marcaram a semana da atualidade europeia.

O luxemburguês Jean-Claude Juncker foi oficialmente confirmado para presidir à futura Comissão Europeia, cuja equipa está a negociar. Juncker tem pedido aos governos para apresentarem mais mulheres como candidatas, algo até agora escasso.

Houve muito suspense em Bruxelas, na quarta-feira, mas o resultado da cimeira da UE foi dececionante.

Os 28 países deveriam escolher um sucessor para a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, e outro para o presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, duas posições-chave. Mas não houve acordo.

A única decisão tomada foi alargar o leque de sanções contra a Rússia devido ao apoio que dá aos separatistas ucranianos.

De acordo com rumores, a cimeira de Bruxelas foi antecipada para não coincidir com o aniversário da chanceler alemã Angela Merkel. Isso não impediu que os homólogos a felicitassem mesmo na véspera, mas um jornalista alemão foi mais longe durante uma conferência de imprensa, numa cena de antologia!