Última hora

Última hora

Forças israelitas bloqueiam centro de Jerusalém Oriental

Em leitura:

Forças israelitas bloqueiam centro de Jerusalém Oriental

Tamanho do texto Aa Aa

A tensão é cada vez mais palpável em Jerusalém Oriental, onde se multiplicam as medidas de segurança. O corte do acesso à zona histórica da cidade a homens com menos de 50 anos gerou vários protestos e manifestações de indignação. Às detenções que se sucederam, seguiram-se orações nas ruas. Um palestiniano declarava: “O povo israelita não nos trata bem, pelo contrário maltrata-nos. Arranjam argumentos que não têm razão de ser para obrigar as pessoas a saírem da cidade, para torná-las escravas. E isso provoca problemas.”

A concentração de populares, fortemente vigiada pelos soldados, acontece sobretudo na área em torno da Porta de Damasco.

A jornalista da euronews, Valérie Gauriat, relata que “em Jerusalém, as orações de sexta-feira tornaram-se num grito de revolta. O bloqueio da zona histórica da cidade e da mesquita de al-Aqsa não ajuda a aliviar a tensão e a indignação dos palestinianos.”