Última hora

Última hora

Itália: 18 cadáveres de imigrantes no porão de uma embarcação

Em leitura:

Itália: 18 cadáveres de imigrantes no porão de uma embarcação

Tamanho do texto Aa Aa

A marinha italiana encontrou 18 cadáveres no porão de uma embarcação à deriva, que transportava cerca de 600 imigrantes clandestinos, socorrida este sábado, ao largo da ilha de Lampedusa.

Segundo as autoridades, os passageiros teriam morrido intoxicados pelo fumo dos motores da embarcação. Os restantes imigrantes foram transferidos para uma fragata, que se encontra fundeada ao largo de Lampedusa, quando o centro de refugiados local, com uma capacidade para cerca de 1200 pessoas, está atualmente sobrelotado.

Só nos últimos dois dias mais de 3.500 clandestinos foram resgatados no mediterrâneo de embarcações sobrelotadas, onde alguns passageiros são habitualmente forçados a viajar nos porões, utilizados como “lastro” para evitar um naufrágio.

Desde o início do ano que dezenas de milhares de pessoas foram resgatadas da travessia das águas do mediterrâneo quando as autoridades italianas temem uma vaga de imigração superior à das primaveras árabes de 2011, quando mais de 63 mil pessoas tentaram atingir as costas da Europa.