Última hora

Última hora

Israel aceita trégua humanitária de duas horas em Gaza

Em leitura:

Israel aceita trégua humanitária de duas horas em Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Israel anunciou que vai suspender a ofensiva na cidade de Gaza durante duas horas, até às 13h30 deste domingo (hora de lisboa).

A decisão ocorre depois do movimento palestiniano Hamas ter proposto uma trégua temporária por “razões humanitárias” para poder recuperar as dezenas de vítimas do mais recente bombardeamento israelita na cidade de Gaza.

Segundo as autoridades locais, o ataque desta manhã teria provocado pelo menos 40 mortos e centenas de feridos no bairro de Shujaiyya.

Um saldo ainda provisório, quando testemunhas falam de dezenas de corpos espalhados pelas ruas. Um ataque que volta a elevar o número de vítimas palestinianas ao final de 13 dias de ofensiva militar para mais de 370 mortos.

Israel anunciou ter intensificado nas últimas horas a ofensiva terrestre na faixa de Gaza para destruír várias infraestruturas subterrâneas do movimento.

Pelo menos 9 militares israelitas terão morrido durante confrontos diretos com combatentes do Hamas, cinco deles após um tanque ter sido alvo de uma emboscada no norte da faixa de Gaza.

A continuação dos bombardeamentos por terra, ar e mar, ameaça criar uma crise humanitária no território, quando mais de 63 mil pessoas foram obrigadas a abandonar as casas, encontrando-se refugiadas em 55 instalações da ONU no território.

A diplomacia parece ser a grande derrotada do conflito, quando Israel e Hamas continuam a rejeitar qualquer cessar-fogo. O Qatar acolhe hoje um encontro entre o presidente palestiniano e o líder do Hamas para tentar encontrar um solução interpalestiniana para a crise.