Última hora

Última hora

Volta a França: O lado cruel do ciclismo

Em leitura:

Volta a França: O lado cruel do ciclismo

Tamanho do texto Aa Aa

Alexander Kristoff venceu ao sprint a 15ª etapa da Volta a França num dia cruel para Jack Bauer e Martin Elmiger. Os dois ciclistas fugiram ao pelotão logo no quilómetro zero, chegaram a ter quase nove minutos de vantagem sobre o grupo principal e resistiram a tudo… ou quase tudo.

Já na chegada a Nîmes o pelotão avançou sem misericórdia sobre os dois fugitivos, colocando um ponto final a uma aventura de 222 quilómetros sobre a linha da meta.

Jack Bauer ainda se tentou intrometer no sprint mas Kristoff provou ser demasiado forte para o neozelandês. O norueguês da Katusha festejou a segunda vitória no Tour 2014.

Vincenzo Nibali teve um dia tranquilo e mantém a camisola amarela com uma vantagem de quatro minutos e 37 segundos sobre Alejandro Valverde.

Rui Costa também chegou com o grupo principal e continua a ser o melhor português na décima terceira posição.

Esta segunda-feira o pelotão tem direito a um merecido dia de folga, regressando na terça para mais uma etapa de montanha,

Classificação geral
1. Vincenzo Nibali (Ita) 66:49:37
2. Alejandro Valverde Belmonte (Spa) 0:04:37
3. Romain Bardet (Fra) 0:04:50
4. Thibaut Pinot (Fra) 0:05:06
5. Tejay Van Garderen (USA) 0:05:49
6. Jean-Christophe Péraud (Fra) 0:06:08
7. Bauke Mollema (Ned) 0:08:33
8. Leopold Konig (Cze) 0:09:32
9. Laurens Ten Dam (Ned) 0:10:01
10. Pierre Rolland (Fra) 0:10:48

13. Rui Costa (Por) 0:12:57
75. Tiago Machado (Por) 2:10:29
98. Sérgio Paulinho (Por) 2:30:31
108. Nelson Oliveira (Por) 2:34:01
133. José Mendes (Por) 2:59:35