Última hora

Última hora

Voo MH17: luto holandês abalado por imagens de cadáveres abandonados

Em leitura:

Voo MH17: luto holandês abalado por imagens de cadáveres abandonados

Tamanho do texto Aa Aa

A Holanda prossegue as homenagens às vítimas da queda do voo MH17 na Ucrânia, num momento em que o luto se transforma em revolta. No aeroporto de Schipol, em Amsterdão, de onde tinha partido o aparelho na quinta-feira, centenas de pessoas continuam a render homenagem aos 193 holandeses falecidos no incidente.

Um piloto afirma, “claro que voamos todas as semanas e não é a primeira vez que sobrevoamos zonas problemáticas, e pensamos sempre que estamos a salvo, mas aparentemente não é sempre assim, e essa é por isso que temos que saber o que é que se passou realmente”.

“Eu penso que os políticos holandeses assumiram para já uma atitude correta de retenção, pois não sabem ainda o que aconteceu e penso que é importante ter uma posição objetiva”, afirma uma passageira.

Apesar das dúvidas sobre as causas do despenhamento, o ministro dos Negócios Estrangeiros holandês, de visita a Kiev, não escondeu a sua “fúria e raiva” face ao tratamento dado aos cadáveres das vítimas, quando alguns dos quais permanecem abandonados na zona do incidente de quinta-feira.