Última hora

Última hora

Voo MH17: familiares de vítimas não querem vingança

Em leitura:

Voo MH17: familiares de vítimas não querem vingança

Tamanho do texto Aa Aa

Os familiares das vítimas exigem o repatriamento dos corpos o quanto antes.

À dor da perda soma-se a incerteza sobre o paradeiro dos restos mortais de quem viajava a bordo do avião das linhas aéreas da Malásia.

“Quando estou deitada à noite vejo o meu filho no chão. Vejo a Daisy e o Bryce. Vejo-os na minha cabeça” refere Silene Fredriksz-Hoogzand, mãe de uma das vítimas.

Esta família holandesa quer, apenas, despedir-se do casal que seguia a bordo no Boieng 777 que se despenhou na Ucrânia, ao que tudo, indica depois de ter sido abatido

“Não quero vingança, não quero mais mortes “ acrescenta Fredriksz-Hoogzand.

No aeroporto de Schiphol, em Amesterdão, multiplicam-se as homenagens às vítimas. Foi daqui que partiu o voo MH17 da Malaysia Airlines com destino a Kuala Lumpur.