Última hora

Última hora

Faixa de Gaza: John Kerry quer que o Hamas aceite o cessar-fogo

Em leitura:

Faixa de Gaza: John Kerry quer que o Hamas aceite o cessar-fogo

Tamanho do texto Aa Aa

John Kerry fez também ele esta terça-feira o circuito diplomático dos que, segundo os Estados Unidos, podem intervir para mediar o conflito da Faixa de Gaza: o Egito e a Liga Árabe.

No Egito, por ocasião do encontro com o presidente al Sisi, deixou uma mensagem ao movimento islâmico que controla em Gaza:

“O Hamas tem uma escolha fundamental a fazer e é uma escolha que terá um impacto profundo sobre a população de Gaza”.

Para bom entendedor, o Hamas deve aceitar o cessar-fogo proposto pelo Egito, com uma ajuda financeira de 47 milhões de dólares dos Estados Unidos.

O pior é que o Egito de al Sisi nem sequer reconhece politicamente o movimento palestiniano.

O nosso correspondente no Cairo, Mohammed Shaikhibrahim, deixa-nos mais detalhes:

“Enormes esforços diplomáticos estão a ser desenvolvidos no Cairo mas estão a enfrentar obstáculos significativos que estão a obstruir o acordo de cessar-fogo entre os dois lados. Os maiores desafios são: a intransigência de ambos os lados e a influência de vários países da região sobre o Hamas e sobre Gaza”.