Última hora

Última hora

Malaios pedem justiça para vítimas de acidente aéreo

Em leitura:

Malaios pedem justiça para vítimas de acidente aéreo

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de pessoas saíram, hoje, à rua em Kuala Lumpur para pedir justiça. Querem saber quem abateu o avião das linhas aéreas da Malásia onde seguiam cerca de 300 pessoas. Exigências deixadas junto às embaixadas da Ucrânia e da Rússia, na capital malaia.

“Primeiro perdemos o avião com o voo MH370, agora o MH17. Queremos saber quem são os responsáveis pela queda do aparelho. Não acusamos os russos, nem os ucranianos mas achamos que a entrega das caixas negras não chega para esclarecer o que aconteceu” refere um dos manifestantes.

Outro acrescenta: “não basta encontrar as caixas negras do aparelho. Queremos justiça. Queremos saber quem são os responsáveis, os criminosos, os culpados.”

Apelos que ecoam pelos quatro cantos do mundo.

Por explicar continua o desaparecimento, em março, de um outro avião da Malaysia Airlines, que partiu de Kuala Lumpur com destino a Pequim com 227 passageiros e 12 tripulantes a bordo.