Última hora

Última hora

Cuba: Xi Jinping visita Fidel Castro dez dias depois de Vladimir Putin

Em leitura:

Cuba: Xi Jinping visita Fidel Castro dez dias depois de Vladimir Putin

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da China realizou esta semana uma visita oficial de dois dias a Cuba. Xi Jinping aproveitou a ocasião para se encontrar com os irmãos Castro, o antigo presidente Fidel e o atual Raúl, e assinar 29 novos acordos que visam reforçar as relações bilaterais entre ambos os países. A par da união Europeia, a China é um dos dois maiores parceiros económicos do governo de Havana.


Um dos pontos altos da visita do líder chinês foi, claro, o encontro com o fragilizado, mas emblemático Fidel Castro, que celebra em agosto oitenta e oito anos e que já há cerca de 10 dias havia sido visitado também por Vladimir Putin. O presidente russo deslocou-se a Havana antes de assistir à final do Mundial de futebol e participar também no Brasil na cimeira dos BRIC, o grupo das cinco principais economias emergentes: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Putin aproveitou essa escala no périplo latino-americano para perdoar cerca de 90 por cento da dívida cubana à antiga União Soviética.



A visita de Xi Jinping termina esta quarta-feira. No final do primeiro dia de visita, o líder chinês aproveitou para assistir ao lado do presidente cubano Raúl Castro a um bailado protagonizado por bailarinos chineses e cubanos.