Última hora

Última hora

Israel pode estar a cometer crimes de guerra em Gaza

Em leitura:

Israel pode estar a cometer crimes de guerra em Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Os ataques do exército israelita em Gaza podem vir a ser considerados crimes de guerra. O alerta é dado pela comissária das Nações Unidas para os direitos humanos, Navi Pillay.

Os 16 dias de ofensiva já provocaram cerca de 650 mortos do lado palestiniano, a maioria civis.

Os ataques em território israelita perpetrados pelo Hamas, também, não foram esquecidos durante a reunião de urgência no Conselho dos Direitos Humanos nas Nações Unidas, em Genebra.

“É imperativo que Israel, o Hamas e os grupos armados palestinianos não violem o Direito Internacional Humanitário. Isto significa, respeitar o principio da distinção entre civis e combatentes. A violação do direito humanitário internacional constitui um crime de guerra e um crime contra a humanidade” afirma Pillay.

A comissária das Nações Unidas para os direitos humanos apela, por isso, à realização de uma investigação independente.

Israel já criticou as declarações proferidas pela alta funcionária da ONU, num dia marcado por novos bombardeamentos em Gaza.