Última hora

Em leitura:

Nem todas as transportadoras suspenderam voos para Telavive


Israel

Nem todas as transportadoras suspenderam voos para Telavive

A norte-americana Delta Air Lines foi a primeira companhia aérea a suspender os voos para Telavive.

Ontem, um Boeing 747 com cerca de 300 pessoas a bordo decidiu alterar a rota depois de um roquete ter caído perto do aeroporto internacional Ben Gurion. O avião acabou por aterrar em Paris.

“Explicaram-nos porque tinham alterado a rota. Inicialmente houve alguma confusão, mas agora que estamos em terra penso que foram muito prestáveis” refere o passageiro Daniel Leon.

“Não sabíamos o que fazer. As pessoas estavam muito agitadas e, por telefone, não conseguimos reservar um hotel nem arranjar outro voo” acrescenta o passageiro, Marlon Paleyo.

Agitados e confusos estão, também, os pilotos já que nem todas as transportadoras estão a adotar as mesmas recomendações.

A Associação das Agências de Turismo de Israel pede soluções ao governo e aponta o aeroporto de Ovda, no deserto de Negev como uma alternativa.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Tufão Matmo provoca um morto em Taiwan