Última hora

Última hora

"Pageant" - Beleza feminina no masculino

Em leitura:

"Pageant" - Beleza feminina no masculino

Tamanho do texto Aa Aa

Este não é um concurso de beleza comum… Seis concorrentes disputam pelo título de Miss Charme, no musical “Pageant”, em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América.

O espetáculo que estreou, pela primeira vez em 1991, é levado novamente à cena pela mão do encenador Matt Lenz.

Tal como todos os concursos de “misses”, podemos assistir às provas de fato de banho, talento ou traje de noite…Mas há uma diferença, estas “misses” são homens. O ator Nick Cearley diz estar “muito contente por ser um rapaz. Agora tenho muito respeito por aquilo que as mulheres passam para se prepararem para um dia normal. A depilação, o tempo de preparação… Gosto de ser rapaz pois não tenho de passar por toda essa dor e tortura. Diria que é preciso mais tempo de preparação para o “Pageant” do que a duração do mesmo. Isso é muito cansativo “.

Ao contrário do que acontece no musical, Nick Cearley despe-se de preconceitos, e de roupa, nos espetáculos com Lauren Molina. Os dois jovens criaram um espetáculo musical próprio, com letras e arranjos musicais diferentes e divertidos mas foi difícil chegar êxito.

“Assim que começámos a mostrar um pouco de pele, as pessoas começaram a notar-nos e a vir assistir. Foi um efeito bola de neve pois as pessoas queriam participar. Agora criamos coisas para elas. Isso é, também, uma situação de sonho”, afirma Cearley.

O ator continua, dizendo que acredita que “a diferença entre ser um ator em ‘Pageant’, que é um sonho, e, em seguida, criar-se algo onde também faço parte, como “Skivvies”, é como se estivesse agora a viver o melhor de dois mundos.”

Uma das peculiaridades do musical “Pageant” é que todas as noites cabe ao público escolher qual das seis rainhas da beleza recebe a tão almejada coroa.

“Pageant”, no teatro Davenport, em Nova Iorque, até meados de setembro…