Última hora

Em leitura:

Rússia: Opositores de Putin condenados por protestos anti-governo


Rússia

Rússia: Opositores de Putin condenados por protestos anti-governo

Dois líderes da oposição russa de extrema-esquerda, Sergei Udaltsov e Leonid Razvozzhayev, foram considerados culpados por um tribunal de Moscovo de cometerem atos de desordem pública.

Os dois eram acusados de preparar massivos protestos contra o Presidente Vladimir Putin na praça Bolotnaya, em Moscovo, em maio de 2012, que viriam a tornar-se violentos e acabaram com feridos, tanto do lado dos manifestantes como da polícia russa.


Razvozzhayev é também acusado de ter cruzado a fronteira de forma ilegal.

O juiz ainda não revelou a sentença dos dois condenados, cujo julgamento começou em fevereiro e no qual cada qual arrisca uma pena de oito anos de prisão, a punição pedida ao tribunal pela acusação.

Oito outros participantes nos protestos da Bolotnaya foram já condenados a penas entre os três e os quatro anos de prisão. Alguns destes já foram, entretanto, amnistiados e libertados.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

MH17: Recuperação dos corpos deverá estar concluída na sexta-feira